spaghetti, spaghetti carbonara, cabonara

5 Vinhos e Receita de Carbonara

Bacon, ovos, pecorino, pimenta do reino e spaghettoni. O carbonara é uma daquelas receitas que de tão simples pedem precisão de proporções e tempo para que alcance a perfeição. Outros alegam que por pior que seja, ainda sim é delicioso. Pensando bem, acho que pode existir algum fundo de verdade nesta afirmação. Mesmo que invencionices como creme de leite, coentro ou caldo de galinha possam causar infarto fulminante em qualquer italiano elas não podem ficar tão ruins. Seria outra coisa, mas não o querido carbonara.

A verdade é que a beleza do prato Italiano está em como a sua simplicidade evoca uma felicidade extasiante em quem a come da sua maneira correta de preparo. E para acompanhar o prato da melhor maneira possível, apresentamos cinco sugestões de vinhos italianos para você.

  • Cantine di Ora Amicone 2016
  • Poderi dal Nespoli Fico Grande Romagna Sangiovese 2018 
  • Pèppoli Chianti Classico 2017 
  • Poderi dal Nespoli Le Coste Trebbiano Romagna 2018 
  • Barone Montalto Pinot Grigio 2019

Receita Carbonara

  • 250g de spaghettoni ou spaghetti
  • 200g de guanciale (o bacon da bochecha do porco), Pancetta (barriga de porco) ou bacon não defumado
  • 4 ovos
  • Pimenta do reino moída na hora
  • 50 gramas de pecorino ou parmigiano ralado ou uma combinação dos dois queijos (pecorino para uma receita mais intensa e parmigiano para uma receita mais leve)
Observação antes de começar

Os pontos críticos de execução são a emulsificação do molho e o encontro com a massa. Calcule o seu tempo para que o encontro destas partes da receita aconteça no momento ideal. O bacon, os ovos com o queijo e a massa devem se encontrar no momento indicado, isso fará toda a diferença para a receita. Faça o mise en place (todo o preparo) para que você tenha tudo acessível na hora que precisar. Outro ponto importante é não usar a gordura do bacon quando ela estiver quente. Caso ela esteja quente, o ovo e o queijo vão cozinhar e transformar o seu delicioso Carbonara em Pasta al Omelete. E isso é algo que não é desejado.

Corte o bacon em tiras ou cubos. Coloque em uma frigideira fria e comece a aquece-la em fogo médio baixo. Rapidamente a própria gordura do bacon vai auxiliar o doura-lo. Desligue o fogão no ponto em que a gordura está translucida, mas a carne ainda está macia. Reserve.

Em uma tigela grande, misture 3 ovos inteiros e uma gema com o queijo ralado e uma boa quantidade de pimenta do reino. Use umas duas colheres de sopa da gordura morna de bacon. O importante é usar gordura que esteja morna e misturar vigorosamente para criar a emulsificação da gordura ao molho.

Quando a massa que foi cozida com 10g de sal por litro de água quase tiver alcançado o ponto de al dente desligue o fogão, mas deixe a massa em sua própria água (não drene a água) use aproximadamente ½ xicara desta água da pasta para adicionar a emulsão do molho de ovos com queijo. Misture vigorosamente para não cozinhar os ingredientes. Em seguida, adicione a massa direto de sua panela de cozimento a frigideira que contem o bacon e o seu óleo. É desejado que a massa ainda esteja molhada uma pequena quantidade de água residual seja transferida para a frigideira. Misture até que a massa esteja coberta de óleo. Imediatamente, misture a massa a tigela onde se encontra o molho. Misture tudo até que os ingredientes estejam incorporados.

Sirva com pecorino ou parmigiano e pimenta do reino a gosto.
Não aguarde, o Carbonara não é muito paciente.

Buon appetito!

Carrinho de compras